quarta-feira, 3 de abril de 2013

Serviços - Atendimento ao cliente

A gente vem pro Canadá achando que todo mundo é bem-educado, que tudo funciona e que vai dar tudo certo! Bom, não é bem assim, mas também é bem assim.

As coisas funcionam, sim. Mas não são perfeitas.

Adoro atravessar a rua - na faixa de pedestres - e não precisar nem olhar pro lado, ter a segurança de que as regras de trânsito são e serão cumpridas. Claro que às vezes tem um imbecil ou outro que faz umas curvas meio estranhas, mas normalmente é onde não tem ninguém. Adoro ter um app no meu celular que mostra o horário que o ônibus irá passar no ponto aqui do lado de casa - ou em qualquer outro ponto. Adoro pagar um valor mensal para usar todos os transportes públicos integrados quantas vezes quiser, sem limite de hora ou de conexões.

MAS fiz o plano de internet na Rogers e o técnico que veio liberar o sinal e instalar o modem foi um puta FPD! Ligou muito mais cedo do que o horário combinado - e eu não atendi o celular porque não estava com ele na hora; apareceu na minha porta (do apartamento, knocking on my door, literally) sem ser anunciado - Deus sabe como entrou no prédio! Chegou sendo irônico e agressivo e não quis instalar o modem onde eu queria por preguiça de ir até o carro buscar um cabo. Disse que eu poderia comprar o cabo e fazer a instalação eu mesma depois.

O cara foi embora, largou o modem instalado num canto sem noção, no chão, com um monte de cabo enrolado - mas curto demais para ir onde eu queria. A Sil ficou possuída! No dia seguinte estávamos na Rogers reclamando. O pessoal da loja foi bacana, mas disse que não podia fazer nada.

Fui pra casa e entrei na internet, no site da Rogers, e abri um chat de reclamação, que me direcionou para assistência técnica, que não era o mesmo que serviços técnicos, então o cara não podia me ajudar também. Voltei para o site da Rogers, cliquei no "escalate your complaint" e abri um chat de reclamação com uma gerente de atendimento ao cliente. Em 5 minutos meu problema estava resolvido. A reclamação foi registrada, um outro técnico agendado para consertar a cagada, nenhum custo extra para o meu bolso!

Pensei que tudo estava resolvido / acabado, mas não! Recebi vários telefonemas da Rogers, cada hora de um departamento diferente, pedindo desculpas, querendo saber o que tinha acontecido, como poderiam ajudar, se queriam que o técnico, o departamento, a Rogers toda me ligasse para pedir desculpas formais... Eu disse que tinha ficado satisfeita e que isso não era necessário - não precisava ouvir desculpas da boca do cara, sabe?

Hoje o outro técnico veio. Que cara bacana! Foi outro tipo de atendimento, outro tipo de serviço, tudo outro! Aí sim, foi serviço canadense! Rs...

A verdade é que tem muita gente mal-humorada por aqui, muita gente fazendo serviços que não gostaria, de má vontade. Sinto muito, mas cada um com seus problemas! Aceitou o emprego? Então que trabalhe direito! Né não?

Mas a diferença do Brasil é que na NET, eu ainda estaria presa à burrocracia, brigando com a mulherzinha do telefone... rs... aqui foi mais tranquilo e o resultado ótimo!

7 comentários:

Vivi e André disse...

Gente mal resolvida existe em todo lugar mesmo ein... até no Canadá kkkk


Fiquei feliz com as novidades de vocês.

Aos poucos a vida vai tomando forma.

Aos poucos mesmo né? rsrsrs

Se cuidem, Sil e Mel.

beijos,

Igor (Projeto Canada 2012) disse...

É ótimo ter esse tipo de feedback :)
Tudo de bom.

Izabel Jordao disse...

Olá Mel e Sil!! Adorei o blog de vcs é super organizado, uma graça!
Estava lendo o site do Canadá de imigração para Ontário e lá fala que é necessário ter um emprego para aplicar, então estava procurando o processo de vocês no blog, mas não encontrei etapas, já começa no envio dos docs.Estou avaliando os processos PNP Alberta, Manitoba e FSW Ontario. Esse último para nós é o melhor devido à filial da empresa do meu noivo estar localizada perto de Toronto, quem sabe ele seja transferido.

Agradeço pela ajuda.
Abraço
Izabel - http://blackbirdbebrave.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Que bom ler que com a reclamação o problema foi resolvido. Tb concordo com vc, aceitou o emprego, então faz direito. Aqui no BR tanta burocracia e má vontade. Serviços péssimos. Internet velox com sinal instávél. Horível, mas net não dá por causa do limite de downloads.

Adorando acompanhar .

Thaisa - Rio

Mel disse...

Izabel, nós fazemos parte de uma leva de processos do Federal Skilled Workers que tinha regras diferentes. As regras para imigração foram mudando ao longo dos anos, de acordo com a fila de espera, com os novos ministros e a necessidade/demanda do Canadá. Quando abrimos nosso processo, enviamos formulários para o Canadá em Dez/2009 - mas só tivemos nosso processo oficialmente aberto em Jan/2010, as regras eram outras. Havia 38 profissões em demanda e bastava estar atuando em uma delas há pelo menos 1 ano. Não era preciso nem ser formado naquela determinada área! Hoje não conhecemos as regras com profundidade. Mas continuem pesquisando, acho que vão encontrar em outros blogs e até mesmo no site do CIC.GC.CA as informações que procuram! Boa sorte!

Mel disse...

Vivi, André! Agora é a sua vez!!! Que legal, né? Então partem dia 20? Essas últimas duas semanas são de matar! hehe Mas vai valer a pena, aguentem, coragem! Vcs ainda vão chegar na primavera - espero que já esteja acima de 0ºC até lá! hehehe Mandem notícias, vamos nos falando! Bjs e força!!! =)

Vivi e André disse...

Oie Mel,

Dia 20 estaremos zarpando.

Como a primavera é minha amiga, ela está só me esperando chegar para dar o ar da graça por aí tbm kkkkkkkk

Estas duas semanas são de matar? eu to querendo tacar fogo em tudo. Vida de mochileiro/a é tão simples e mt mais feliz, pq vida real temos q acumular tanta coisa? e eu imaginava q era a pessoa mais organizada do mundo. Cai do cavalo.

To pensando em morar numa cabana e levar uma vida aborígene kkkk


Saudades de vcs e dos nossos papos filosóficos kkkkkkkkkkkkkkk beijão pras 2


Vivi