segunda-feira, 13 de maio de 2013

Long time no see!

Nem parece que faz tanto tempo! Quase um mês sem atualizações... mas os motivos são nobres! rs

Comecei a trabalhar! Sou professora de inglês - como no Brasil - e as minhas qualificações (Cambridge ESOL) foram mais do que suficientes! Fiz duas entrevistas em uma escola e, quando já trabalhando, outra escola me contatou também. Então esta é a evidência que procurávamos de que as informações que diversas pessoas me passaram eram todas ERRADAS!

Sei que cada pessoa tem uma história aqui no Canadá (tanto quanto tinham no Brasil). Algumas vão ser otimistas e outras, bem, outras vão querer ver a gente na lama, mesmo! rs E, como disse, cada história é uma, não dá para comparar e mensurar nosso sucesso baseado nas experiências que outros tiveram.

Eu e a Sil fomos abençoadas, sortudas, predestinadas, seja lá como queiram chamar! rs Em 8 dias conseguimos alugar nosso apartamento. Em 29 dias eu estava empregada. Mas essa é a nossa história até aqui, apenas. E não quer dizer que seja a mais bem-sucedida do mundo. Meu salário como professora não é incrível; trabalho pra caramba - dentro e fora da escola - tenho que me preocupar com a qualidade do meu inglês o tempo todo e sou avaliada por alunos que podem - ou não - estar a fim de estudar.

Também demos muita sorte. As coisas aconteceram na hora certa, através dos meios certos, pelas mãos das pessoas certas: os amigos que nos ajudaram e nos acolheram, os que nos ouviram e aconselharam, os que torceram e nos incentivaram.

E isso não quer dizer que quem precisou procurar trabalho de outra forma, em outra área, que precisou estudar, se adaptar, reaprender seja menos bem-sucedido. Acho que o simples fato de estarmos aqui, vivendo essa experiência única, nos torna vencedores. Vencemos aquilo que nos prende à pátria-mãe, vencemos a inércia - aquela tendência de permanecer exatamente no mesmo lugar - vencemos o consulado (rs) e a falta de notícias, vencemos os exames de saúde, as provas de fundos e até o medo de voar (não é meu caso, mas muita gente sente!). Vencemos o ar seco e a neve do Canadá, vencemos o não-saber, vencemos o medo gigantesco que dá quando a gente percebe que realmente está vivendo em outro país, em outra sociedade, em outra vida! Vencemos o medo de não saber o que fazer com o resto de nossas vidas, com esse recomeço que tivemos a chance de experimentar!

E tudo isso é só a primeira página! A gente não sabe o que vai acontecer daqui pra frente, mas vamos continuar acreditando que será sempre para melhor, que sempre estaremos construindo e aprendendo.

Sinto que meus posts tenderão a ficar mais espaçados... muito trabalho, como disse... e estou com o material das aulas de amanhã aqui na minha frente... estou fugindo um pouquinho deles... rs... mas, como sempre, o dever me chama!

Boa sorte a todos nós!!! Sempre! =)


11 comentários:

Long Live Canada disse...

*.*

que alegria saber que tudo está indo bem. toda mudança é complicada, mas aposto que tem sido divertido e renovador.

você trabalha com inglês como primeira língua ou segunda? a escola é escola normal ou escola de idiomas?

parabéns, fico muito feliz por você! =D

Thiago disse...

Fico mt feliz por vcs! Vc está trabalhando em uma escola d inglês, um curso ou na escola regular? Como foram as entrevistas? Nossa, quero mt saber desses detalhes, esse post me encheu d ânimo! :)
Em setembro vou aí ver como as coisas são e quem sabe volto com uma proposta d emprego e posso aplicar p/o federal?
Parabéns, meninas!

Victor Botelho disse...

Que máááááximo!
Estou muito feliz por vcs, conquistaram tanto am tao pouco tempo!
E essa vida de teacher nao é mole nao... ainda mais pra gente, os non native que sempre serao testados por alguem... mas é bom demais poder fazer o que gostamos, nao é?
E vamos continuar no caminho das conquistas! O lado oeste esta na torcida sempre!
Beijks pra vcs 3!
Carina

Anônimo disse...

Que notícias boas!!!

Torcendo muito por vcs. Sempre que der apareça aqui e nos conte algo.

Tudo de melhor nessa nova fase.

Bj
Thaisa-Rio

Com o pé no Canadá disse...

Ah q lindas Mel! A Camila ja tinha me contado q vc estava trabalhando e fiquei muito feliz por vc. Realmente qdo estamos p vir p ca e ate na nossa chegada muita gente faz terrorismo com a gente num ar de "eu consegui as coisas aqui no canada, mas nao é p qualquer um" dando a entender q nao vamos conseguir. Parabens! E espero q a gente consiga se encontrar q ta dificil ne. Um Bju, Sa

Catherine Itusarry disse...

Parabéns pelo empregoooo !!!
Felicidades a vcs.

abraços;
Catherine
http://meetyoutherecanada.blogspot.com.br/

Renata disse...

Nossa, faz tempo que não visito o blog de vocês - a última vez, vocês ainda estavam no processo da documentação. Fico feliz que conseguiram e que estão se adaptando bem. Parabéns, meninas!

Sheilinha disse...

Oi, Mel!
Parabéns pelo blog e pelo emprego!
Eu gostaria de tirar uma dúvida com você...
Você tem formação em Letras ou em pedagogia?
Pergunto isso porque meu marido é formado em Letras e já foi professor de inglês, ele também tem as certificações de Cambridge e ele vislumbra a possibilidade de dar aula de inglês no Canadá, mais especificamente em Ottawa/Gatineau ou Quebec city.
Você dá aula em escola de idiomas?
Teria alguma dica em como ele deve procurar emprego aí?
P.S: Nós estamos indo pra fazer intercâmbio estudando francês, mas depois, vamos tentar um mestrado em Ottawa.
Desde já agradeço pela sua ajuda!
Abçs,
Sheila

Mel disse...

Oi, Sheila!
Eu dou aula em escola de idiomas - na verdade só de inglês, mesmo, não oferecem francês - até onde saiba... rs... até que seria um perk bacana poder estudar francês pela escola, né? enfim...
Eu não fiz nada como manda o figurino para procurar emprego aqui, não. A única coisa foi dar uma mexida no meu CV usando um exemplo que peguei na internet. Mas tenho certeza de que não está muito bom... rs... O fato é que minha experiência no Brasil, associada aos locais onde trabalhei (o recrutador conhece as melhores escolas de diversos países) e aos resultados dos meus certificados de Cambridge (CPE B e CELTA A)acabaram me levando à primeira entrevista.
Então não tenho grandes dicas... apenas tente montar um resumé seguindo o formato canadense (modelos estão disponíveis na internet) e mande para todas as escolas de idiomas que conseguir encontrar (mandei só para 10 escolas de Toronto seguindo um diretório online que achei no google). E acreditem que vai dar certo. Agora, sem o CELTA, pelo menos aqui em Ontario, não rola. Tem que ter o CELTA ou ou Trinity ou o TESL Canada. OK? Espero ter ajudado! Ah... e não sou formada em Letras ou Pedagogia... rs... fui jornalista... =) Boa sorte!!

Wellard disse...

Muito legal ler isso aqui. Fico muito feliz por vocês e também por enterrarem o mito de que por sermos Brasileiros não somos capazes de fazer o mesmo que os Canadenses fazem. Tenho lido vários blogs na internet, assim como alguns grupos no Facebook e é unanime o que as pessoas dizem: que Brasileiro não tem chances de dar aulas de Inglês no Canadá. Não sei se eles dizem isso por pura ignorância ou porque não tem nada para dizer mesmo. Talvez até seja a mania que alguns de nos Brasileiros temos de não querer permitir o sucesso dos outros. Coisa de gente que ainda vive na idade da pedra.

Digo isso porque já pensei nessa possibilidade também e sempre ouvi a mesma reposta. Mesmo tendo 15 anos de EUA, certificações das mais diversas, e anos de experiencia com interpretação e tradução na área médica, as pessoas sempre me diziam que minhas chances de ser professor de Inglês no Canadá seriam inexistentes.

Em fim, você provou que os ignorantes, como sempre, estão errados. Parabéns e felicidades!!

PS.: Divulgue sua experiência em alguns destes grupos do Facebook. Quem sabe assim estes imbecis possam pensar duas vezes antes de dizer asneiras.

Anônimo disse...

Sucesso para vc's!!!