quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Ex Paquita volta depois de 18 anos no Canadá

Rolou esse video no grupo no yahoo... e achei interessante colocar em pauta

Na minha opnião ela resolveu voltar, e alega que não conseguiu ajuda do governo Canadense para comprar o remédio que trata esclerose múltipla

pelo que diziam na lista... o governo do Quebec fornece sim medicamentos

bom ... cada um com sua desculpa


8 comentários:

Lupatinadora disse...

Oi Sil,

Eu vi no grupo a discussão e vi agora o vídeo (que comprido, por isso nunca tive paciência pra Ana Maria Braga).

A situação dela, além da doença e do custo dos remédios, me parece que ao se separar do marido não havia mais nada que a prendesse ao Canadá além do filho. E sem marido e com uma doença difícil como essa pra lidar, ela optou por voltar ao Brasil (o pessoal do grupo do Yahoo pegou pesado, dizendo que ela agora quer os benefícios do SUS brasileiro etc que não vem ao caso). Fico feliz em ver que ela não sequestrou o menino como a mãe do Sean e outros casos por aí - realmente é uma pena que ela esteja passando por isso tão jovem e agora está no aguardo a justiça canadense (não imagino o que possa decidir nesse caso).

O Canadá não é perfeito assim como o Brasil não é perfeito. Espero que ela consiga a guarda do filho pois me pareceu ser uma mãe zelosa e interessada no melhor pro filho dela.

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

A história dela é complicada porque a gente só tem a história dela. Não dá pra nem emitir um juízo. Tomara que no fim a decisão seja a melhor pra todos os envolvidos.

E a vida segue...

Marcos disse...

NO site do TERRA ontem noticiava que ela residia em Toronto(Ontário).

Falta saber qual era o Status dela perante o Gov. do Canadá, visto trabalho, estudante, ilegal, etc.
Não deixariam ela sem remédio à tôa não!!

leslapins disse...

Dificil opinar sobre matéria que passa na TV, pois nao dá para saber até onde as informaçoes sao verdadeiras ou forjadas.
De qq forma essa estória de medicamento ser fornecido aqui no Quebec, nao é beeem assim:
O governo paga uma parte, que varia dependendo do medicamento.
Só que quando a pessoa trabalha, se a empresa tem seguro, o empregado tem que usar o privado e nao o do governo. Só que o privado muitas vezes paga pouco. Pouco importa para o governo. Eu por exemplo uso um medicamento mensal que custa $7,00. O seguro só reembolsa 2,00.
Nao duvido que o remedio dela custe mais de $2000,00, os remédios aqui sao bastante caros.
A doença dela pode acometer qualquer um, entao eu prefiro nao atirar pedras. Ela perecia estar bem aqui antes da doença, entao acho que se voltou, foi porque realmente o bicho pegou...Ainda mais ja tendo morado em tantos paises fora do Brasil e depois de 18 anos fora, sabendo que nao teria mais como voltar para a vida de celebridade que tinha antes no Brasil.

Abraços
Erika

Anônimo disse...

Bem interessante a noticia, mas vale assinalar que ela ( a ex paquita) nao morava em Quebec, e sim em Ontario e como moro aqui no Canada em B.C. posso dizer o que sei.
O governo ajuda sim, na compra de medicamentos, mas para pessoas que nao tem renda e existe uma fila enorme.
No caso dela, ela era empresaria e nao aparece nesta lista, ou seja, uma pessoa classe alta, com bons recursos e para estes a ajuda eh ZERO!
Ela foi bem clara na entrevista.

Paola Tavares Silva Wortman disse...

em toda separacao os filhos sao privados de conviver com o pai e a mae sob o mesmo teto, tendo que se conformar com visitas e fins de semana. qundo o caso envolve pessoas de paises diferentes fica ainda mais, pois independente da decisao final do juiz canadense, o Oliver tera um dos pais presente e o outro somente em ferias. Eu tb nao sei como ela consegue ficar estas 4 semanas no Brasil sem o filhinho dela ... ela e uma mulher muito forte. que Deus os ilumine e que qq decisao seja a melhor para o Oliver.

Simone disse...

Se eu fosse ela também voltava e essa historia de remedio é o seguinte a gente compra e é caro.

Anônimo disse...

nao se iludam, eu to no canada e eh otimo, mas medicamento nao faz parte do plano de saude publica daqui.

eu gasto 300 dolares por mes, mas o seguro do TRABALHO cobre 90%... se dependesse do governo tava ferrada.